quarta-feira, 13 de junho de 2018

Resenha: Nunca Vou Me Apaixonar


Oi pessoal, tudo certinho!?

Hoje escreverei sobre Nunca Vou Me Apaixonar da nossa autora parceira Mari Monni. E já posso lhes alertar que essa comédia romântica é extremamente viciante e irá lhes cativar tão profundamente que vocês só respirarão e viverão para terminar essa linda história e ainda continuar com a leitura em Noite de Núpcias e futuramente ( 16/06/18) com Nunca Vou Me Entregar. 




Sinopse:

!!! ALERTA !!!


Este livro contém homens lindos, situações muito engraçadas e algumas cenas pra lá de quentes. Leia a seu próprio risco. A autora não se responsabiliza se, ao final da história, você estiver completamente apaixonada e querendo mais.

Quem nunca passou por uma decepção amorosa que atire a primeira pedra.

Eu, com certeza, já tive a minha cota de coração partido. Pegar minha namorada revirando os olhinhos com meu professor da faculdade não foi nada legal. Desde então, levo minha vida de forma simples e descomplicada. E por simples e descomplicada, quero dizer funfando com várias e me envolvendo com nenhuma.

Prazer, me chamo clichê ambulante.

Mas, ei, não desista de mim ainda. Minha história muda quando eu conheço minha vizinha. Ela é linda, inteligente, bem-humorada e... virgem! Como eu não estou interessado em um relacionamento, isso não faz a menor diferença. Certo?
Só que as coisas começam a ficar estranhas. Principalmente quando sentimentos (sentimentos?!) entram no meio.
Anos atrás, eu fiz um pacto com meus amigos: nunca vou me apaixonar. Só que está cada vez mais difícil manter minha palavra.

Meu nome é Dante e esta é a história de um cafajeste fadado a viver uma vida celibatária.

Socorro!

***Atenção: Livro indicado para maiores de dezoito anos por conter muitos palavrões e cenas de molhar a calcinha.

Sim, meus caros leitores essa história como na própria sinopse diz possui muito clichê, mas também muitas pérolas do nosso protagonista Dante cafajeste/ gostosão, que apesar de possuir um coração partido e com uma imensa barreira erguida depois de uma triste decepção,  permanece  um rapaz super gente boa, alto astral,  engraçado, conquistador e de um charme único que é capaz de arrebatar qualquer mulher.

E quando ele esbarra por obra do destino em Clara vulgo fadinha, Dante descobre que poderia sim ter amizade e admiração por uma mulher, e ir muito mais além que um dia ousou se relacionar e se quer imaginar.

Clara é simplesmente o oposto de Dante, primeiro por ser muito romântica e  sonhadora, possuir uma grande vontade dentro de si de construir uma grande família em que ela possa se dedicar de corpo e alma, e ainda a questão mais agravante de todas, ela é uma garota a moda antiga e que possui um imenso desejo de se casar virgem se entregando dessa forma somente para um único homem em sua vida.

Essas imensas diferenças podem até ser um empecilho no caminho dos dois, mas com tamanha química prestes a explodir e gerar uma enorme combustão. Será mesmo que não valerá a pena se arriscar e ao menos tentar se entregar!?

Mari com absoluta certeza acertou em cheio ao retratar em Nunca Vou me Apaixonar a visão masculina de ter uma desilusão, sensibilizando assim esse universo tão machista e desmistificando essa imagem de machão alfa que todos aparentam ter.

Monni escreve com tanta maestria e desenvoltura sobre o cotidiano e atualidade que fica impossível não se apaixonar por suas obras. Além disso, ela consegue  sempre trazer a parte cômica para esse cenário, porém sem  nunca esquecer do de acrescentar muito romantismo e aquela velha conhecida pegada Hot. Me viciei tanto na história que me peguei várias vezes desejando fortemente que cada um de seus personagens maravilhosos fossem reais e que o Dante fosse de fato meu vizinho de porta para poder me deliciar com sua presença. 
 
Adorei demais acompanhar todo desenrolar da trama e todas as suas desventuras, desde as mudanças do Dante, os amigos mega unidos vulgo três mosqueteiro Gael, Dante e o enigmático Lucca,  a rotina dos personagens e sua união, o sucesso das boates( eu frequentaria uma delas sem o menor problema), até chegar ao fatídico momento de decisão.

Esse, com absoluta certeza, é um daqueles livros viciantes e muito vibrantes que não cansam nem um pouquinho e que se a Mari Monni tivesse se atrevido a escrever mais e mais dele, eu teria o devorado sem grandes problemas. Ele mexeu com todos os meus sentimentos e faz o leitor realmente se identificar com a história narrada, com tamanha intensidade que me peguei em vários momentos  gargalhando escandalosamente nas cenas mais hilárias protagonizadas pelo Dante,  e em outros momentos senti o desespero dos protagonistas e seu grande dilema.

Nunca Vou Me Apaixonar  me prendeu de tal modo que só consegui parar a leitura quando finalmente cheguei ao fim lendo também o seu conto Noite de Núpcias, que conclui a linda história de Dante e Clara, me deixando com gostinho de quero mais. E se preparem que o livro sobre o Lucca com o título  Nunca Vou Me Entregar será lançado muito em breve.

Nem sei descrever e  expressar o quanto estou encantada por esse casal.Ficou tudo mais que perfeito! ♡

Recomendo, recomendo e super recomendo!!!

*Aguardem, que em breve saíra a por aqui também a crítica do conto Noite de Núpcias.


Ficha Técnica:

Formato: eBook Kindle
Tamanho do arquivo: 6298 KB
Número de páginas: 295 páginas
Vendido por: Amazon Servicos de Varejo do Brasil Ltda
Idioma: Português
ASIN: B07BFHPW6R
  • Avaliação Média:  4.4 de 5 estrelas
  •  
Adquira o seu aqui

2 comentários:

  1. O que eu faço com essa resenha MARAVILHOSA? Nossa, muito obrigada mesmo! Estou encantada! :)

    ResponderExcluir
  2. Olá :D
    Amei a proposta desse livro! Mesmo com o clichê romântico, achei bem legal isso de mostrar o lado do homem sofrendo por amor (porque só as mulheres tem que sofrer nos livros, né?! Deixem os machões sofrerem também, oras XD)
    Enfim, parabéns pela resenha e obrigada pela dica de leitura.
    Beijinhos e boa semana
    Isabelle
    https://blogalgodotipo.wordpress.com/

    ResponderExcluir

Não deixe de comentar, sua opinião é muito importante para mim. Se tiver algum blog, só deixar o link que darei uma olhadinha também =]

/>