terça-feira, 4 de julho de 2017

Crítica: Homem-Aranha: De Volta ao Lar


Oi pessoal ! Tudo bom ?

Hoje escreverei sobre a cabine de imprensa do lançamento dessa semana Homem-Aranha: De Volta ao Lar com direção de Jon Watts e com o roteiro conjunto de Jon Watts, John Francis Daley, Jonathan M. Goldstein e Chris McKenna. O bom e velho amigo da vizinhança Homem-Aranha esta finalmente de volta ao universo cinematográfico da Marvel (ou Marvel Cinematic Universe — MCU) e desta vez ele definitivamente veio para ficar e integrar o time dos vingadores.



Assim, o longa  inicia-se narrando os acontecimentos logo após a atuação do cabeça de teia na batalha do Capitão América: Guerra Civil. Desta maneira, o pequeno Peter Parker volta para casa e para sua pacata rotina de High School,porém depois da batalha Paker anseia por mais ação e ainda salvar o seu bairro dos vilões. Lutando diariamente contra pequenos crimes nas redondezas, ele pensa ter encontrado a missão de sua vida quando o terrível vilão Abutre surge amedrontando a cidade. O problema é que a tarefa não será tão fácil como ele imaginava e embargar nessa missão poderá significar por em risco a sua própria vida e daqueles que ele ama.




Essa estreia do circuito brasileiro reinicia toda a trajetória de Peter Parker nas telonas e teve o objetivo principal de promover uma aventura leve, engraçada e divertida para toda a família. Logo são descritos os primeiros passos, por muitas vezes desastrosos, do nosso aracnídeo preferido como super-herói, tentando assim de alguma forma impressionar o Homem de Ferro/Tony Stark (Robert Downey Jr.) ao mesmo tempo em que tenta conciliar sua vida pessoal, a sua dura rotina no colégio como o nerd perdedor e que sofre constantemente bullying ao lado de seu melhor amigo, a sua busca por tirar e manter as boas notas, conquistar  o coração de seu crush, Liz (Laura Harrier) e ainda esconder seu segredo de todos,incluindo da sua bela Tia May (Marisa Tomei),cortesia da parceria entre Sony/Columbia e Marvel Studios.




A trama além de mostrar nosso herói totalmente todo atrapalhado e ainda descobrindo o seu potencial como vigilante, também reúne vários elementos dos filmes anteriores da Marvel, tais como dos Vingadores durante a invasão alienígena em Nova York, passa por Sokovia de “A Era de Ultron”, e relata também  “Capitão América: Guerra Civil”. 

De certo traz uma nova perspectiva do Homem-Aranha (Tom Holland) e  o torna mais humano, já que nem tudo são flores e até mesmo um herói com super poderes tem seu dia/fase/momento ruim como nós pobres mortais.No qual, o roteiro envolve o espectador do início ao fim em toda problemática real que cada um enfrenta no seu cotidiano seja o Homem-Aranha, o Home de ferro ou não.




Quando assisti ao trailer fiquei com um pouco de receio de que a participação do Stark pudesse de alguma forma ofuscar o desempenho do aracnídeo, mas para minha felicidade isso não ocorre de jeito nenhum, já que o Homem de ferro aparece de maneira sutil, breve e coesa, ou seja, na dose certa, eficaz e que configura um novo lado mais paternal ao Tony.

Diga-se de passagem, que eu espera um pouco mais de ação no filme, mas as excelentes atuações e a medida exata de vilania me fez colocar o longa na minha lista de um dos melhores e mais interessantes filmes do cabeça de teia.Apesar de achar memorável o Peter Parker de Tobey Maguire e mega engraçado o e Andrew Garfiel.  O personagem interpretado por Tom Holland é muito mais realista, humanizado e  pé no chão do que as versões anteriores,onde encarna  a trajetória de um típico adolescente  do Queens com a grande motivação de se tornar enfim um vingador.




O longo da trama o traje de Peter produzido pelo Stark é mais um chamariz, já que esta envolto em toda tecnologia promovida pelo Tony, além disso, ainda há a presença de vários aparatos e armas lotadas de tecnologia de última geração que inclui  a presença do Abutre e de Shocker (Bokeem Woodbine).lena 




Enfim cinéfilos de plantão dou-lhes essa magnífica dica, preparem aquele super combo de pipoca acompanhado de um brinde colecionável e desviem das teias, pois o homem aranha irá aterrissar na sua telona. Bom filme !


Ficha Técnica:

Data de lançamento: 6 de julho de 2017 (Brasil)
Direção: Jon Watts
Música composta por: Michael Giacchino
Roteiro: Jon Watts, John Francis Daley, Jonathan M. Goldstein, Chris McKenna
Produtoras: Marvel Studios, Columbia Pictures, Pascal Pictures
Duração: 2h13 min.
País: EUA
Nota: quatro estrelas.

Elenco:  Robert Downey Jr. (Tony Stark), Zendaya (Michelle), Marisa Tomei (Tia May), Abraham Attah, Donald Glover, Tony Revolori, Hannibal Buress, Selenis Leyva, Bookem Woodbine, Michael Mando, Tyne Daly, Tiffany Espensen, Garcelle Beauvois, Angourie Rice, Martha Kelly e Jona Xiao.
























Trailer: 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não deixe de comentar, sua opinião é muito importante para mim. Se tiver algum blog, só deixar o link que darei uma olhadinha também =]

/>