quinta-feira, 18 de agosto de 2016

Crítica: Ben-Hur

 
"Não é pecado perder."

Apesar dos receios que envolviam a produção de mais um filme de Ben-Hur, o mesmo deixou todos de boca aberta. Digo por experiência própria, já que não dava nada por esse remake.

Ben-Hur, que é baseado no livro Ben-Hur: Uma História dos Tempos de Cristo (1880), de Lew Wallace, narra a história de Judah Ben-Hur (Jack Huston), um príncipe de Jerusalém que é acusado injustamente de traição por seu irmão adotivo Messala Severus (Toby Kebbell). Condenado a viver como um escravo, ele retorna e planeja sua vingança contra aquele que tanto amou um dia.

Rodrigo Santoro vive Jesus Cristo e, apesar de aparecer pouco, não se intimida por seu papel tão importante e significativo para nós e se doa de corpo e alma ao personagem. Kebbell, depois de fazer parte de Quarteto Fantástico (aquele fiasco de filme) prova que sabe atuar muito bem e nos deixa sem palavras. Já Huston não fica para trás, mostrando que está à altura de Ben-Hur e cativando a atenção da plateia. Só posso dizer que fiquei embasbacada com a atuação de todos. Não poderia deixar de fora Morgan Freeman, que rouba qualquer cena em que aparece simplesmente pelo fato de aparecer.

Além dos atores, a sonoplastia é sensacional, dando o toque final em cada cena; a fotografia é perfeita e os figurinos de arrasar. É cada cenário tão lindo que cheguei a arregalar os olhos em alguns momentos de tão encantada que fiquei.

Quem me conhece sabe que sou apaixonada por animais e defensora deles, então as cenas de cavalo foram a minha maior agonia. Em vários momentos cheguei a fechar os olhos. 

Minhas únicas considerações são: algumas cenas foram feitas de modo rápido demais e dando toques desfocados, o que eu não gosto, já que me deixa tonta e acabo não aproveitando ao máximo o que estou vendo e o fato de praticamente não ter cena realmente em 3D, o que, infelizmente, acontece com a maioria dos filmes.

Ben-Hur deixa a clara mensagem de fé, esperança, milagre e perdão. Um ótimo filme para nos lembrar do que realmente importa nessa vida. Aconselho a todos a verem.


Ficha técnica

Título original: Ben-Hur
Diretor: Timur Bekmambetov
Data de lançamento: 18 de Agosto de 2016
Distribuidora: Paramount
Elenco: Jack Huston, Toby Kebbell, Morgan Freeman, Rodrigo Santoro
Gênero: Épico, Ação

Toda vez que falavam"Judah" eu lembrava de Lady Gaga e a música "Judas" vinha na cabeça.




/>