sábado, 11 de abril de 2020

《•》RESENHA | ENSINA-ME O PRAZER - LIVRO 1 - OS FRINSHEENS 《•》 .


Bom dia pessoas !!! Como estão nessa quarentena !?
.
Hoje é dia de resenha e o escolhido da vez é o livro Ensina-me o Prazer da autora parceira Alessa Ablle.
.
Cecillia Romanoff é uma jovem nerd, conhecida por ser desde muito nova curiosa por demais, onde a sua maior curiosidade é, justamente, sobre algo que nunca fez: sexo.
.
Ela já passou por muitas perdas em sua vida e acaba por ser um tanto solitária, tímida e muitas vezes caseira. Esse seu comportamento pode ser visto como uma espécie de blindagem já que seu único foco é se formar no curso de biotecnologia e seguir uma carreira brilhante na área.
.
Porém, tudo muda quando ela conhece Henry e acaba por iniciar uma intensa e atrativa amizade.
.
Logo conhecemos também Henry, um jovem muito popular de 29 anos que cursa biologia na universidade de Boston e leva uma vida típica de solteiro com muitas festas e mulheres, aproveitando ao máximo da beleza que Deus lhe deu.
.
Além disso, ele se sustenta como professor de artes marciais nas horas vagas e possui várias manias dentre elas: arrumação, limpeza e organização. Apesar de amar demais sua família ele vem enfrentando alguns problemas com eles que pretendebalgum dia resolver e para completar a bagunça está um pouco traumatizado pelo seu último relacionamento sério, e por enquanto não quer mais nenhum compromisso.
.
Isso até ele cruzar com doce nerd Cecília que desperta nele em pouco tempo um sentimento diferente de tudo que já chegou a sentir e que de início ele entende ser proteção de amigo, mas que com o tempo passa a ser muito mais que ele chegou a prever, passando a ser completamente irresistível.
.
Como duas pessoas podem vencer a barreira da friend zone sem abalar a linda amizade construída!? Descubra em Ensina-me o Prazer.
.
Após muitas ocorrências, aproximação, encontros e desencontros, enfim os dois se rendem a explosiva atração. E mesmo com algumas divergências pelo caminho a incrível sintonia entre os dois irá perdurar e nos conquistar.
.
Meu primeiro contato com a escrita de Alessa foi no arrebatador " Em Ruínas " e sua intensa jornada tranformadora e tenho que dizer que amei cada página.
.
Tão logo não seria diferente com essa obra que me conquistou a cada nova etapa e transformação dos seus personagens, sendo surpreendente como a leveza da escrita da autora faz o leitor se apaixonar pela história.
.
De certo fiquei encantada e ao mesmo tempo emocionada com a Cecília e toda a sua trajetória marcada por perdas e superações. E ainda mais com o Henry um verdadeiro Gentleman que além de inteligente e leal quando se entrega é puro e muito verdadeiro.
.
Os personagens são muito bem construídos e a delicadeza da trama cativa imensamente, além da escrita fluída e dinâmica da autora que é arrebatadora.
.
Então meus caros #bookaholic e #booklovers estou agora ansiosa pela continuação " Peça-me Tudo", e espero que tenham gostado da dica de hoje. Até a próxima e se cuidem.
.

Ficha Técnica:

Autora: Alessa Ablle
Editora: Pandorga
Número de páginas:  475
Avaliação: ⭐⭐⭐⭐⭐

#AlessaAblle #Resenha #EnsinameoPrazer #EditoraPandorga #AutoraParceira #instabook #instalivro #libro #Jadorerlir #books #livro #EuLeioBrasil #ebook #dicadeleitura #dica #AutoraNacional #AmoNacional #AssessoriaArtessa #EuLeioNacionais #DivulgandoNacionais #new #bookstagram

quinta-feira, 2 de abril de 2020

•》Resenha | Submissão ao Sheik - livro 1- Trilogia Submissão《•

Bom dia pessoas! Como estão nessa quarentena literária!?
.
Hoje é dia de resenha e o escolhido a vez foi o livro " Submissão ao Sheik da autora parceira @alexsandra_autora.
.
De certo eu sou um pouco suspeita para retratar a minha opinião quando o livro envolve em sua narrativa a história de um Sheik , pois eu adoro a cultura e o misticismo que os cerca. Apesar de não concordar em alguns aspectos com seus costumes, no fim respeito e admiro o seu modo de vida milenar.
.
A trama nos faz mergulhar intensamente na cultura árabe, onde segundo seus preceitos
a mulher deverá acima de tudo ser submissa e obediente à Allah, ao seu pai e ao seu marido logo após o casamento. A figura feminina não têm voz, direito à escolhas e deve sempre se submiter, caso contrário receberá uma ou mais punições pela sua desobediência.
.
De fato existem algumas excessões, no qual certas famílias menos conservadoras concedem liberdade de expressão as mulheres da casa, mas em sua maioria as famílias são conservadoras e aplicam com muito rigor os seus costumes.
.

quarta-feira, 1 de abril de 2020

《•》 RESENHA || O HOMEM DOS MEUS LIVROS - LIVRO 1 - SÉRIE HOMENS QUE AMAMOS 《•》

Oi , pessoal !! Como estão nessa maratona literária?
.
Hoje é dia de #Resenha e o escolhido da vez foi o primeiro livro da Série Homens que amamos da autora @autora.evymaciel intitulado " O Homem dos Meus Livros".
.
A trama nos apresenta a jovem Jules, uma leitora compulsiva como todas nós que amamos por demais nos aventurar pelos romances e que sempre sonhou em ter uma desventura como as dos livros que lia.
.
Jules estava realmente cansada dos seus relacionamentos que se tornavam mornos e no fim não fluíam como ela esperava, pois sempre criava certas expectativas que os homens não eram capazes de sanar e de alguma maneira só existia nas páginas de histórias fictícias.
.

•》Resenha | Decisões Arriscadas -Livro 3 - Série Reencontros 《• .

Boa noite book lovers !!
.
Hoje é dia de resenha e o escolhido da vez é o terceiro livro da série Reencontros intitulado Decisões Arriscadas da autora parceira Anny Mendes e que narra a história da corajosa Bia e o companheiro Alexandre.
.
Apesar dos livros da Série Reencontros possuirem histórias interligadas podem ser lidos separadamente já que não são continuações, mas entre eles existe uma sequência na apresentação dos casais.
.
No qual esse terceiro livro da série traz a instigante história do casal Bianca e Alexandre, bons amigos dos casais Thomas e Duda, do primeiro livro da série: Não Posso Ficar, e também do casal Melissa e Renan Mike, do segundo: Brincando de ser Feliz.
.
Tão logo conhecemos mais profundamente
a Bianca que anteriormente já tinha demonstrado o enorme coração que possuía, mas que agora posso descrever como uma verdadeira girls power, extremamente forte, guerreira e batalhadora, além de demasiadamente. protetora.
.

quarta-feira, 5 de fevereiro de 2020

《•》 Resenha | Não Posso Ficar - Série Reencontros- livro 1《•》


Autora: Anny Mendes .
Páginas: 389.
Formato: e-book.
Ano: 2018.
Avaliação: ⭐⭐⭐⭐⭐
.
.
Boa noite pessoas !!!! Como estão !?
.
Hoje é noite de resenha e o escolhido da vez é " Não Posso ficar " da autora parceira
.
.
Maria Eduarda é filha única com uma família muito bem estrutura tanto finaceiramente como também afetivamente, sua mãe e o pai são protetores e fazem de tudo para que a filha se sinta segura, protegida e amada.
.
.
Eu sei que filhos únicos tendem a serem mimados e vivem na barra da saia tanto da mãe como do pai, mas em certo momento me irritei com a Duda por ser tão dependente já que ficar desse jeito não é saudável para ninguém.
.
No entanto, apesar de ser estável na carreira e também financeiramente continua sem confiar em seus instintos. O lance é aprender com os erros do passado para não repitir a dose e vida que segue.
.
.
Já Thomás é completamente o oposto de Duda, pois sua família além de carente é destruturada por demais, onde sua mãe é influenciada o tempo todo pelas opiniões e decisões do padrasto e a sua irmã materna nada faz com receio de sofrer algum tipo de retaliação.
.
.
Thomás é aquele tipo de personagem bem sofrido que com o passar dos anos tenta a todo custo superar seus mais profundos traumas, vícios e ainda os inúmeros abusos que sofreu de seu padastro ainda na adolescência dentro de sua própria casa.

De certo quando os dois se encontram ainda na junvetude ocorre um imenso choque de realidade entre eles, mas apesar das barreiras uma linda amizade floresce e se não fosse tantos empecilhos talvez ela perdurasse até a vida adulta.
.
.
Duda carrega consigo uma grande barreira quando se trata do amor e devido ao passado conturbado evita totalmente questões ligadas ao coração, mas ao encontrar a sua antiga paixão fica abalada.
.
.
Thomás segue pelo mesmo caminho e mesmo solitário tende ocasionalmente à pensar se talvez pudesse algum dia vir a ter um relacionamento saudável e preenchido de amor.
.
.
Sério!!!! Teve horas em que estava lendo e que queria arrastar a cara do Thomás no asfalto quente para ele parar de carregar tanto peso consigo e também por relutar em apostar no amor de sua adolescência. Mas no final até que me agradou bastante e até entendi alguns de seus pontos.
.
.
No transcorrer da história as diferenças entre Duda e Thomás são evidenciadas de maneira gritante, ao mesmo tempo em que seus temores e traumas os fudem de maneira única e destaca o quanto são parecidos nesse quesito.
.
.
No qual deixa claro que nem sempre se pode descartar e julgar as pessoas antes de conhecer detalhadamente a sua história de vida.
.
.
Apesar de todos os obstáculos quando realmente existe um sentimento verdadeiro entre duas pessoas no fim preservá-lo é mais importante que todo o restante. E somente esse laço une e dá força para vencer toda e qualquer dificuldade que possa cruzar o camindo desses dois.
.
.
Não Posso Ficar foi uma grata surpresa, apesar dos altos e baixos sofridos pelos personagens ao longo da história a escrita da Anny me arrebatou imediatamente e já quero devorar os outros livros da série.
.
.
Então booklovers fico por aqui e espero que gostem dessa indicação literária tanto quanto eu adorei toda trajetória de Duda e Thomás.
.
.
Até a próxima e boa leitura !!!
.
.
#EulLeioAnnyMendes #ClubedaAnny #AutoraParceira #AmoNacional #EuLeioBrasil #instaebook #dicadeleitura #AutoraNacional #instalivro #libro #Jadorerlir #books #ebook #Amazon #instabook #NãoPossoFicar #SérieReencontros #bookstagram #bookaholic #booklovers #book #livro #Amoler #Jaimelir #Resenha #kindleunlimited #kindle #Indicação

terça-feira, 31 de dezembro de 2019

❄❄ Crítica | Frozen 2 ❄❄



O primeiro filme de Frozen ficou marcado na história cinematográfica e de toda cultura pop. E será lembrado por marcar toda uma geração com o dilema do amor verdadeiro, príncipe que de encantado não tinha nada, abraços quentinhos de olaf e a independência de duas irmãs da realeza que no fim provaram que não precisam de príncipes para governar com sabedoria o reino herdado e formarem um sólido núcleo familiar.

quinta-feira, 26 de dezembro de 2019

Crítica | Minha Mãe é uma Peça 3


Em Minha Mãe é uma Peça 3 dona Hermínia (Paulo Gustavo) vai ter que se redescobrir, pois seus seus filhos agora já crescidos e consolidados profissionalmente resolveram que chegou o momento de formar sua própria unidade familiar.

/>